13 a 16, set. | 2022
São Paulo Expo | SP

A era Touchless: como a tecnologia está transformando a hospitalidade

Por Assessoria de imprensa

Desbloqueio de smartphones por escaneamento facial, acionamento da iluminação por comando de voz, fechaduras com chave digital. Estas são apenas algumas das soluções da tecnologia conhecida como touchless, que têm transformado diversos setores do mercado ao substituir o contato das mãos com objetos e, ganhado mais destaque nos últimos dois anos, principalmente, quando os protocolos de saúde contra a pandemia de covid-19 passaram a fazer parte da rotina, como as medidas de distanciamento social e o maior cuidado com a higienização das mãos.

O estudo The Art of Customer-Centric Artificial Intelligence: How organizations can unleash the full potential of AI in the customer experience,  realizado pela Instituto de Pesquisa Capgemini e divulgado em 2020, apontou o Brasil na segunda colocação no ranking de países com maior uso de Inteligência Artificial (IA) no dia a dia, perdendo apenas para a Suécia. O índice nacional de interação registrado foi de 64%, superando a média global em dez pontos percentuais.  

O fato é que as tecnologias como os sistemas touchless têm promovido mudanças não apenas no mercado, mas também no comportamento e no estilo de vida, ao propor novas alternativas de consumo e experiências por meio das interfaces tecnológicas que estão facilitando serviços e trazendo mais segurança aos usuários.

Prova disso, o PIX e os cartões por aproximação têm se mostrado alternativas de sucesso para a realização de pagamentos, sem contar o crescimento das realidades virtual e aumentada para vendas de produtos e imóveis, além da maior presença dos scanners de retina como parte do cotidiano de muitas empresas e modelos de negócios, só para destacar alguns exemplos. 

Hospitalidade

Parte deste processo de inovação também está atrelado aos serviços dos aeroportos que contam com câmeras termográficas para conferência da temperatura dos passageiros durante embarque e desembarque e biometria facial para a realização de check-in, reduzindo o contato, as filas e as aglomerações.  Além disso, uma companhia aérea nacional tem disponibilizado, desde 2020, um tapete digital, colorido e móvel nas salas de embarque, que indica a cada passageiro o momento de entrar na aeronave por meio da sinalização do assento no chão. O recurso possibilita o distanciamento social de quatro metros e tem diminuído o tempo de espera nos locais em 25%.  

Nos demais serviços de hospitalidade, incluindo diferentes tipos de hospedagem, e os bares e restaurantes, não são apenas os dispositivos localizados na porta de entrada, para aferição de temperatura e higienização das mãos que estão chamando a atenção.  

Segundo Cláudio Azevedo, CEO da APP Sistemas, especializada na interação do setor hoteleiro com a tecnologia e desenvolvedora de sistemas de Property Management System (PMS) para gerenciamento de hospedagem, fiscal, administrativo e financeiro, a empresa tem ampliado os serviços digitais também para quem usufrui dos serviços de hotéis, pousadas e resorts. “Em relação às tecnologias de contato com o hóspede, buscamos parceiros especialistas para integrar um conjunto de soluções ao sistema e assim tornar a experiência deles mais confortável e segura”.

Dentre as tecnologias disponibilizadas, o executivo destaca três exemplos. “Implementamos nos sistemas de hospedagem o web check-in em que o hóspede faz seu pré-check-in pelo celular ou na recepção apresentando RG, CNH ou passaporte para captura de dados e imagem; o web check-out, que possibilita o acesso virtual à conta e o pagamento com cartão de crédito; e o Cardápio Digital, em que é possível fazer um pedido de room service para os bares e restaurantes do hotel por leitura do QR Code disponibilizado nos quartos, com a ordem de preparo disparada no balcão e na cozinha”.

Além disso, o especialista ainda ressalta duas funcionalidades touchless que também estão facilitando a diária de hospedagem.  “A Fechadura Eletrônica, em que o hóspede recebe uma ‘chave virtual’ e com o smartphone pode acessar com segurança a acomodação, e a Experiência do Hóspede, ferramenta para solicitação de serviços de quarto, como a solicitação de um travesseiro extra ou qualquer outra necessidade, sem precisar telefonar ou ir até a recepção. O canal também permite a avaliação do serviço de forma remota. Todas estas tecnologias trouxeram muitos benefícios além do distanciamento social, como facilidade, autoatendimento, flexibilidade, rapidez, agilidade e redução de custos”. 

Esta é nova realidade para muitos usuários e estabelecimentos e a tendência é que novas funcionalidades sejam agregadas aos sistemas “para soluções cada vez mais robustas”, afirma Azevedo. Só a empresa conta com aproximadamente 1000 clientes (hotéis) distribuídos por todo o Brasil fazendo uso dos serviços digitais.

Touchless e as inovações que estão movimentando o setor de hotelaria e proporcionando experiências mais seguras e eficientes tanto para gestores e profissionais da área como para os consumidores, são temas que estarão representados na programação da próxima Equipotel. O evento, referência em hospitalidade na América Latina, acontecerá entre os dias 13 e 16 de setembro de 2022, no São Paulo Expo (SP). Para não perder nada, assine a nossa newsletter e receba os próximos conteúdos em primeira mão.

Para mais informações acesse https://www.equipotel.com.br/.